Início arrow Revista de Imprensa
Revista de Imprensa
Igreja do Restelo é "aberração" para Teotónio Pereira Imprimir E-mail

09.11.19, Público, Ana Henriques

Um dos autores do plano de urbanização do bairro do Restelo, Nuno Teotónio Pereira, considera "uma aberração" a igreja que, anteontem, começou ali a ser construída. Para este arquitecto, a gravidade do caso deveria levar a Câmara de Lisboa a mandar parar a obra e a exigir outro projecto.

Ler mais...
Arquitectos da CML em guerra com autarquia e Ordem Imprimir E-mail

09.11.18, Público, José António Cerejo

O ambiente não podia ser pior entre os mais de 300 arquitectos dos quadros da Câmara Municipal de Lisboa (CML). Primeiro foi a sindicância ao Urbanismo que, no início de 2008, lançou sobre eles uma suspeita generalizada, com base em alguns casos de corrupção indiciados. Daí para cá o mal-estar não cessou de se agravar, sobretudo com a recusa da autarquia em lhes pagar as quotas (cerca de 15 euros por mês) devidas à Ordem.

Ler mais...
Arquitectos paisagistas queixam-se de discriminação Imprimir E-mail

09.11.15, Público, Idálio Revez

A Associação Portuguesa dos Arquitectos Paisagistas (APAP) acusa o Governo de lhe retirar competências ao nível da direcção e fiscalização de obras que considera da sua competência. A nova legislação "chega ao extremo caricato de nem sequer as obras de jardins poderem ser da responsabilidade de arquitectos paisagistas", diz a associação.

Ler mais...
Porto admite alterar PDM no Bairro do Aleixo Imprimir E-mail

09.11.14, Público, Patrícia Carvalho

A transformação dos terrenos do Bairro do Aleixo numa urbanização de luxo que, tal como está prevista, requer uma alteração ao Plano Director Municipal (PDM) causa alguma estranheza ao vereador do PS Manuel Correia Fernandes. O PS, garante o líder da oposição socialista, vai votar contra o contrato de constituição do Fundo Especial de Investimento Imobiliário (FEII) que o presidente Rui Rio vai levar à próxima reunião de câmara e que abre a porta à demolição do bairro.

Ler mais...
Erro cartográfico ameaça casas de demolição em Faro Imprimir E-mail
09.11.13, Público, Idálio Revez

O plano estratégico de intervenção na ilha de Faro, desenvolvido pela sociedade Polis da Ria Formosa, coloca na lista para demolições mais de uma centena de casas, situadas numa área sob a jurisdição municipal desde 1956. O próprio edifício da colónia balnear da autarquia poderá ir abaixo, por causa de um erro cartográfico que foi transposto, há cerca de dois anos, para o Plano de Ordenamento da Orla Costeira (POOC) Vilamoura-Vila Real de St.º António.

Ler mais...
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Fim >>

Resultados 19 - 27 de 359
 
actas encontro 2015
actas encontro 2013
actas encontro 2010
actas encontro 2009
actas encontro 2008