Início arrow Revista de Imprensa arrow Nacional
Nacional
Câmaras têm até 2015 para identificar áreas de risco Imprimir E-mail
Público, Inês Boaventura, 09.10.06

Sismos, tsunamis, deslizamentos e desabamentos, erosão marinha, cheias, incêndios florestais e outros perigos ligados à existência de indústrias e ao transporte rodoviário de matérias perigosas. A Área Metropolitana de Lisboa (AML), onde vive cerca de um quarto da população nacional, está particularmente exposta a um conjunto de riscos que a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT) quer ver cartografados por cada uma das câmaras municipais até 2015, data em que deverá também estar concluída a regulamentação dos usos incompatíveis com essa realidade.
Ler mais...
"Já não posso com as cidades extraordinárias" Imprimir E-mail

Público, Luísa Pinto, 09.10.04

O geógrafo Álvaro Domingues, professor na Faculdade de Arquitectura do Porto, deixa duas ideias-chave aos autarcas que vão ser eleitos. Que não se foquem só nos centros históricos e olhem para o resto da cidade ordinária. E que deixem de pensar em infra-estruturas para se dedicarem antes ao software dos equipamentos.
Ler mais...
Autarcas cada vez mais reféns dos construtores Imprimir E-mail

Público, Luísa Pinto, 09.10.04

As preocupações sobre a qualidade do urbanismo das cidades em que vivemos estão nos discursos e nas críticas de todos os candidatos às eleições autárquicas. Seja no litoral, seja no interior, mais nas áreas metropolitanas e menos nas cidades com menor pressão demográfica, há problemas que se repetem, e que levam o rótulo de caos e desordenamento urbanístico.
Ler mais...
Guardas para edifícios em inquérito público Imprimir E-mail

O Projecto de Norma Portuguesa 4491:2009 “Guardas para Edifícios. Características, dimensões e métodos de ensaio”, que regula entre outros aspectos a altura mínima para guardas em varandas e terraços, tendo em vista a segurança infantil, está disponível para inquérito público no site do Instituto Português da Qualidade (IPQ). 

O texto do projecto de norma resulta do consenso obtido no seio de uma Comissão Técnica multisectorial, sediada no Instituto Português da Qualidade, da qual faz parte a Associação Portuguesa para Segurança Infantil (APSI), juntamente com o LNEC, a Ordem dos Arquitectos, o Turismo de Portugal IP, a Associação Portuguesa de Ergonomia e várias empresas do sector.

Ler mais...
Investimento imobiliário caiu mais de 50 por cento Imprimir E-mail

Público, 23.09.09

Menos investimento, sobretudo de origem estrangeira, negócios mais pequenos e uma preferência fora do comum por determinados segmentos do mercado imobiliário. Com a tempestade levantada pela crise económica e financeira, 2009 tornou-se um "ano atípico" para o sector, revela um estudo da Cushman & Wakefield (C&W) divulgado ontem.

Ler mais...
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Fim >>

Resultados 28 - 36 de 130
 
actas encontro 2015
actas encontro 2013
actas encontro 2010
actas encontro 2009
actas encontro 2008