Início arrow NOTICIAS arrow Licenças de obras caíram para metade em Espanha
Licenças de obras caíram para metade em Espanha Imprimir E-mail

Diario Económico Online com Lusa, 30.04.08

Os pedidos de licenças para construção de casas novas em Espanha caíram quase 50% nos dois primeiros meses deste ano, confirmando a tendência de desaceleração no sector da construção no país. Dados do Ministério do Fomento referem que nos primeiros dois meses do ano só deram entrada pedidos para a construção de 60 mil unidades, contra as quase 119 mil pedidas no início de 2007.

Perante os dados e de outros sinais do sector, a ministra da Habitação, Beatriz Corredor considerou hoje que o "suava ajuste" da actividade residencial que começou em 2007 continuará até atingir em 2010 "níveis óptimos de equilibro entre a oferta e a procura".

O objectivo de Madrid, sustentou, é que as empresas sejam "mais competitivas, inovadoras e produtivas", saindo reforçadas deste ajuste. "Hoje temos um sector capaz de produzir mais casas que França, Alemanha e o Reino Unido, mas amanhã devemos ter um sector intenso, capaz de produzir melhor que a Austrália, Canadá ou Japão, líderes em edificação residencial", insistiu.

Já o presidente da Confederação Nacional da Construção, Juan Lazcano, apelou ao apoio do governo ao sector, considerando que "é melhor subsidiar a actividade que o emprego". Juan Lazcan pediu ainda esforço dos promotores, ajudas aos compradores e medidas da administração pública, incluindo que fomentem a liquidez no sector financeiro.

< Anterior
 
actas encontro 2015
actas encontro 2013
actas encontro 2010
actas encontro 2009
actas encontro 2008